Sempre consumi damascos para complementar minha ingestão de fibras – Fazia um mini mix de amêndoas, nozes, damascos e ameixas e levava para o trabalho para o lanche entre as refeições. Além do sabor azedinho, sempre gostei da textura macia da fruta que contrasta muito bem com a crocância das castanhas.

Para minha felicidade, o damasco é um alimento funcional que oferece muito mais que fibras! É tão bom descobrir que um alimento que você agora faz bem!!!

Parecido com um pêssego pequeno e de pele lisa, o damasco é rico em antioxidantes e outros compostos fenólicos benéficos a saúde:

  • Quercetina
  • Proantocianidinas
  • Catequinas
  • Epicatequinas
  • Ácido Gálico
  • Ácido Caféico
  • Ácido Ferúlico

damascos1

Efeito antioxidante

Os compostos antioxidantes presentes nos alimentos se ligam aos radicais livres, evitando os danos ao DNA, envelhecimento da pele, perda da memória, doenças cardíacas e até o câncer.

Câncer.

Uma dieta rica em antioxidantes além de prevenir a mutação genética, também pode ser útil na redução dos efeitos colaterais causados pela quimioterapia e radioterapia por reduzir sua toxicidade. Há evidências que o consumo de antioxidantes durante a quimioterapia e possa ajudar na redução do tamanho do tumor.

Alívio das alergias.

O composto fenólico quercetina pode ajudar a aliviar as coceiras e espirros decorrentes da liberação da histamina pelo corpo.

Detoxificante.

O damasco é um alimento alcalino, o que favorece a eliminação mais eficiente de toxinas pelo organismo.

Proteção dos sistemas renais e hepáticos.

A quercetina contida no damasco ajuda a proteger o fígado e os rins.

Saúde mental.

O damasco é rico em potássio, mineral essencial na regulação da transmissão nervosa.

Saúde da Pele.

Rico em vitamina A, de ação antioxidante, essencial para a saúde da pele e sistema imunológico

.

Pele de damasco.

Pele de damasco.

Prevenção do Diabetes

Componentes como o ácido gálico e o ácido caféico presentes no damasco podem ter efeitos benéficos na prevenção do diabetes,metabolismo da glicose  e resistência insulínica.

O ácido gálico também tem propriedades antidiabéticas

Proteção do sistema cardiovascular

Os flavonóides inibem a oxidação do LDL, promovem a vasodilatação e evitam a agregação plaquetária.

Proteção da visão.

Damascos são ricos em carotenoides e xantofilas, nutrientes que protegem a visão contra os males do envelhecimento.

Anti-Inflamatório

Fonte de catequinas – 4 a 5g em cada fruta.
A Catequina inibe a atividade de uma enzima chamada cicooxigenase-2, um importante passo no processo de inflamação.

Rico em fibras

Contendo fibras solúveis e insolúveis, ajuda a controlar os níveis de colesterol.
damasco natural
Cuidado com frutas secas.
A maioria delas é tratada com gás dióxido sulfuroso e sulfitos, para manter sua cor e aumentar a validade. Algumas pessoas são alérgicas a estes compostos, portanto fique atento e informe-se com seu fornecedor.

Fontes:
http://serv-bib.fcfar.unesp.br/seer/index.php/alimentos/article/viewFile/89/102
http://www.bv.fapesp.br/pt/bolsas/56480/sintese-de-compostos-contendo-acido-galico-ligado-a-aminoacidos-e-peptideos-interacao-com-mimeticos-/
http://serv-bib.fcfar.unesp.br/seer/index.php/alimentos/article/viewFile/158/166
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612008000400036